Moda feita de papel

Conheça alguns trabalhos de estilistas que usaram o papel (sim, você leu certo) como material

Você já viu aqui algumas peças de roupa feitas de papel, como os vestidos da Ane Lopez e da Jolis Paons, e a coleção confeccionada com sacos de cimento feita por uma estudante. Leu, também, que o papel é material fundamental para a moda. Agora, selecionamos mais alguns estilistas que usaram o papel para construir seus trabalhos.

No desfile da São Paulo Fashion Week, de 2004, o estilista Jum Nakao elaborou uma coleção inteira intitulada “A Costura do Invisível”, com roupas confeccionadas em papel de diversas gramaturas e modeladas sobre o corpo das modelos. Para isso, foram foi consumidas meia tonelada de papel consumida meia tonelada de papel e mais de 700 horas de trabalho. Conheça mais sobre esse trabalho, aqui.

Em 2011, o estilista Matthew Brodie criou vestidos usando apenas folhas A3 coloridas na coleção “Paper Dresses”. Daí saíram cinco peças completamente diferentes umas das outras. Veja mais sobre, clicando aqui.

E você, já tinha visto algo parecido com isso? Será que a moda pega?