Físico da NASA larga tudo para se dedicar ao origami

Há 16 anos, Robert Lang mostra que a arte feita com papel pode ser uma verdadeira ciência

O que você seria capaz de fazer para realizar um sonho? O físico Robert Lang largou um emprego na NASA para se dedicar inteiramente à sua verdadeira paixão: a produção de origamis.
170509_1

Para Lang, a arte milenar é capaz de explicar muitas questões do dia a dia das pessoas. Ele acredita que, ao perceber os padrões de dobra e desdobra do papel das dobraduras são um ponto de partida para a criação de qualquer coisa. O físico acredita que, replicando esses padrões, é possível criar desde foguetes a airbags.

170509_2

Desde 2001, Robert Lang vem aplicando os seus conhecimentos em matemática para criar verdadeiras obras de arte com papel. Ele estudou possibilidades, testou diferentes tipos de dobras e criou uma série de obras únicas de origami, que incluem reproduções dificílimas de animais e plantas.

Ao todo, já são mais de 500 desenhos catalogados e, entre eles, destacam-se as produções de peças que chegam a ter um processo criativo de até 1.000 dobraduras para ficarem prontas. O resultado é surpreendente!

170509_3

Confira um pouco mais sobre o trabalho de Robert Lang:

Fonte: Hypeness