Do papel ao Oscar

Histórias maravilhosas inspiram grandes livros, grandes livros inspiram maravilhosos filmes… e a Academia adora isso!

Uma boa quantidade de livros viram filmes e alguns deles estão brilhando nas indicações ao Oscar. A extensa lista de adaptações deste ano inclui desde memórias da Segunda Guerra Mundial até biografias, autores jovens e outros nem tanto, países como Itália, México e EUA, além de histórias que nos contam acontecimentos do passado, do presente e do futuro.

Vamos conferir? Veja a nossa lista de livros para incentivar seu lado literário, às vésperas da premiação. Deleite-se e inspire-se, porque provavelmente daqui vai surgir seu próximo desafio literário!

1) A FORMA DA ÁGUA

Do mexicano Guillermo Del Toro, A Forma da Água é líder em indicações: concorre a 13 estatuetas. Tanto na tela quanto no papel, o enredo narra a história de amor entre uma corajosa faxineira muda e uma misteriosa criatura aquática.

A situação aqui é atípica, já que o filme deu a inspiração para que o próprio Guillermo escrevesse o livro. Muito interessante, não é mesmo?

Tem mais! O livro conta com ilustrações do artista James Jean, que recria de forma fantástica o insólito romance.

01

2) MUDBOUND

Ambientada na Segunda Guerra Mundial, Mudbound é uma adaptação cuidadosa da novela homônima de estreia de Hillary Jordan. O filme mantém a essência comovente do livro, que retrata o passado de uma zona rural e conservadora de Mississipi, após ao término da guerra, pela perspectiva de duas famílias e seus respectivos preconceitos: alguns sutis, alguns brutais.

O livro foi reconhecido pelo prêmio Bellwether em 2006, outorgado a cada dois anos a obras que abordam responsabilidade e justiça social. O filme, dirigido por Michael Waxman, está indicado a 4 categorias incluindo Melhor Adaptação.

 

3) EXTRAORDINÁRIO

Competindo como Melhor Roteiro Adaptado, o filme de Stephen Chbosky tem comovido os espectadores com seu personagem principal, um menino que nasceu com uma deformação facial.

O livro homônimo, escrito por Raquel Palacio, é narrado pelo garoto, o incrível Auggie, quem vai à escola pela primeira vez e tenta ser aceito pelos colegas, que o observam e avaliam constantemente.

02

 

4) ME CHAME PELO SEU NOME

Publicada em 2007, a primeira novela de André Aciman, escritor egípcio radicado nos Estados Unidos, nos envolve com a história de amor entre Oliver, de 24 anos, e o tímido Elio de 17, durante um verão na ribeira italiana.

É o mais novo dos amantes quem narra o livro, permitindo que o leitor adentre seus pensamentos. Diferente do filme, onde o espectador precisa adivinhar o que se passa pela mente do garoto.

Já o filme, dirigido por Luca Guadagnino, honra o espírito do livro e ao mesmo tempo se aproveita das liberdades poéticas do audiovisual para comover o espectador de uma forma sútil, mágica e simples.

Praia, mar, natureza, passeios de bicicleta e literatura compõem o filme, que é um dos grandes favoritos do ano!

Está indicado, entre outras, na categoria de Melhor Roteiro Adaptado.

 

5) DUNKIRK

O romance escrito por Joshua Levine narra uma história real: a operação de resgate das tropas dos Aliados cercadas pelo exército nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Além disso, o livro inclui entrevistas com sobreviventes.

O cruel avanço das tropas alemãs na Bélgica e no norte da França, faz com que mais de 300 mil homens dos exércitos anglo-franceses fiquem presos no acampamento de Dunkirk.

O filme dirigido por Christopher Nolan baseia sua história na Operação Dínamo, também conhecida como Evacuação de Dunquerque, que luta pela liberdade desses homens na cidade que dá nome ao livro e ao filme, durante o início da guerra.

Dunkirk está concorrendo em oito categorias, entre elas Melhor Filme.

 

6) O DESTINO DE UMA NAÇÃO

Anthony McCarten escreveu e dirigiu O Destino de Uma Nação. A versão no papel é uma apresentação dos primeiros dias de Winston Churchill como primeiro ministro no marco do avanço de Hitler, e as tensões de alguns momentos cruciais da Segunda Guerra.

Está concorrendo a 6 categorias, entre elas a de Melhor Filme.

 

7) O TOURO FERDINANDO

O livro que deu vida à animação foi originalmente publicado em 1938 e traduzido para mais de 60 idiomas. Conta a história do simpático Ferdinando, um touro apaixonado por flores e com visão romântica da vida, gigante de tamanho e de coração, que não se interessa por disputar touradas.

O filme, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha, é fiel à história e às lutas de Ferdinando.

03

 

8) A GRANDE JOGADA

Escrito por Molly Bloom, conta a história dela própria no comando de um esquema ilegal de mesas de pôquer nos Estados Unidos, desenvolvendo um conflito com a máfia e a polícia.

O filme, dirigido por Aaron Sorkin, apresenta os fatos que desencadearam a situação, em meio a suspense e crimes.

A Grande Jogada está competindo como Melhor Adaptação.

 

E aí, já tem seus favoritos? Papel em mão e que comecem as apostas!

 

Crédito Imagem destaque PaperSource