Gatos e casas de papelão: um irresistível caso de amor

A paixão por gatos e por arquitetura foi a combinação que fez nascer A cat thing, um projeto de sistema modular de casas feitas de papelão ondulado, aquele item que leva os felinos à loucura.

Pensando na felicidade e conforto dos seus bichinhos, um casal de arquitetos taiwanês teve a inspiração para criar a marca, que além de ter um visual estético diferenciado, se sobressai pela sua praticidade e minimalismo.

Os gatos naturalmente amam a independência, por isso  amam ter seu próprio espaço, não é mesmo? Assim como os humanos, eles precisam de um lugar quente e seguro para morar. E existe algo melhor para os felinos do que a proteção de uma aconchegante caixa de papelão ondulado?

2404_01_blog

Foto: reprodução Facebook A Cat thing

Design de papelão à prova de gatos!

A estrutura completa do espaço consiste em quatro módulos produzidos inteiramente com papelão: sala de estar, sacada, quarto e rampa. Além de ser um ambiente muito interessante para os gatos, é seguro e tem é amigo do meio ambiente.

Cada uma destas quatro peças é independente e, ao mesmo tempo, permite combinações para formar uma estrutura maior.

Além do mais, são muito fáceis de montar e modificar de acordo com o espaço disponível e a personalidade do seu bichinho. Assim, fica uma combinação estética e funcional perfeita para os gatinhos e para os humanos.

 

A inspiração

2404_06_blog

Foto: reprodução A cat thing

Chacha e Lily, são irmãos, nasceram no inverno de 2015 em Taiwan. Os gatinhos, se encontravam em um refúgio até que o casal de arquitetos os acolheu e levou morar em Taipei. No começo, Lily não conseguiu se adaptar ao lugar, não comeu nem bebeu durante quase três dias. Os medicamentos que o veterinário indicou não funcionaram, assim como também nenhuma das tentativas do casal para ajudar a felina.

No meio da preocupação, e seguindo a boa dica uma amiga do casal, deram uma caixa de papelão para Lily. Ela entrou por conta própria e depois de uma hora saiu e finalmente comeu!

Para o casal de arquitetos taiwaneses, a caixa de papelão salvou a vida da charmosa Lily. “Desde aí a nossa família tem uma ligação eterna com caixas de papelão”.

Confira:

2404_02_blog

2404_04_blog