Projeto campeão: com material reciclado e papelão ondulado, alunos criam impressora braille

1708_fotos_blog_1

Atitudes inspiradoras fazem toda a diferença e tornam nosso dia melhor! Adoramos compartilhar boas histórias com vocês, e ainda mais quando envolvem criatividade, determinação, papel e papelão!

O que você construiria hoje com um investimento de R$ 15? Difícil decidir, não é? Com esse valor, estudantes de Informática criaram uma máquina que imprime em braille. O poder da criatividade é incrível! E ainda nem contamos a parte mais interessante: é feita de papelão ondulado, alumínio e material reciclado. Vem conhecer melhor essa história!

Criada por um grupo de alunos do curso de Informática do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), a impressora braille custa cerca de mil vezes menos que as similares tradicionais. Por ser feita com materiais acessíveis e reciclados, o preço de produção do protótipo é muito reduzido. O motor, por exemplo, foi descartado por uma empresa e reaproveitado pelos estudantes.

1708_fotos_blog_2Reprodução/Internet

Segundo Alexandre Vilas Boas, professor líder da iniciativa “o projeto atende uma demanda social, ecológica e ainda aplicou tecnologia*. Todos os alunos sentiram-se felizes e disseram que o evento superou suas expectativas”. Nós, do Adoro Papel, também ficamos felizes demais por conhecer esse tipo de projetos, e por ver como o papelão é uma parte tão fundamental dentro da sua estrutura! Parabéns aos envolvidos!

*No Brasil, uma impressora que imprime em braille custa a partir de R$5 mil, e ainda não é fabricada aqui. De acordo com dados do IBGE de 2010, há mais de 6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência visual no país. Nem sempre aqueles que precisam têm acesso a uma alfabetização em braille, muito menos têm acesso a documentos e livros impressos neste sistema de escrita. Por isso, o projeto dessa turma é muito importante!

Conhece outras histórias inspiradoras que envolvam papelão? Envie para a gente!

Foto 1: Reprodução/ TV Anhanguera