A história dos Orixás é retratada em projeto de quadrinhos

A história dos Orixás é retratada em projeto de quadrinhos

‘Conto dos Orixás’ desenha divindades como heróis e quer aumentar a representatividade das narrativas afro.

‘Conto dos Orixás’ desenha divindades como heróis e quer aumentar a representatividade das narrativas afro.

“Em um tempo antigo, deuses e heróis caminharam entre os homens. Travaram batalhas com furor, ensinaram a curar e lidar com a terra, o ferro e o fogo, reinaram e amaram com a mesma intensidade.”

Contos dos Orixás 

1001_fotos_blog_1

As religiões de matriz africana carregam uma tradição cheia de boas histórias e muita riqueza cultural. Porém, nem sempre essas manifestações recebem seu devido valor. Por isso, o Adoro Papel convida você a entrar mais no universo cultural da África.


Orixás heróis

1001_fotos_blog_2

Arte “The Orixas”, feita em 2016 e inspirada na capa clássica da revista “Avengers 4, 1966”.

Agora um time campeão e poderoso vem conquistar o mundo dos quadrinhos: chegou a vez dos Orixás ganharem mais força nas HQs e virarem super heróis, se unindo para viver muitas aventuras e desafios. O responsável pelos traços e histórias do “Contos dos Orixás” é o quadrinista Hugo Canuto (32 anos), nascido em Salvador, que com seu trabalho quer vencer preconceitos e mostrar toda a riqueza dos orixás africanos, que são também parte inseparável da cultura brasileira.

1001_fotos_blog_3

O projeto nasceu em 2016 como várias revistas e posterês, um trabalho  que com o tempo foi crescendo, recebendo reconhecimento e agora ganha uma versão com 120 páginas. O leitor vai encontrar histórias que relatam os mitos do povo Yorubá, uma das civilizações mais tradicionais da África Ocidental (hoje onde seria a Nigéria, parte do Benin e do Togo),apresentados no estilo de quadrinhos, protagonizada pelo Rei Xangô e envolvendo outros orixás como Exu, Ogum, Oxóssi, Oxum e Iansã.

Uma trama que fala da convivência entre deus e heróis, suas batalhas e como eles ensinaram a curar e lidar com os elementos da natureza. São aventuras muito épicas!

Representatividade

1001_fotos_blog_4

O ‘Conto dos Orixás’ é parte de um projeto que busca adaptar mitos e lendas sobre divindades da África Ocidental através de histórias em quadrinhos e para isso utiliza uma linguagem artística digna dos quadrinhos da Marvel. Uma forma encontrada por Hugo para combater a falta de representatividade da cultura afro-brasileira no dia a dia, mas sem esquecer de respeitar as tradições.  Um trabalho cultural muito importante, quem concorda?

1001_fotos_blog_5

O trabalhou chamou atenção de muita gente e através do apoio de financiamento coletivo e conseguiu arrecadar 547% da meta original, que era de 20 mil reais. UAU

Comentários

8 comentários

    1. Nao pq se trata de uma ficcao baseada em uma doutrina verdadeira entao haverá várias histórias dentro da estória.

  1. Bom sou contra acoes ativistas que rebaixam a Afro cultura esse país pertence aos índios e ninguém faz porra nenhuma pra representar a cultura mais linda desse país a indígena , porém acho válido mais aplicaçoes da Cultura afro e indígena dessa forma mas não falam que estão combatendo alguma coisa , é chato e faz parecer mediocre vamos vencer o preconceito quando paramos de rotular essas culturas de forma especial, como se fossem doentes mentais que precisam de tratamento especial e nao é o caso , somos todos iguais e já passou da hora de encararmos desta forma ” Eis um Quadrinho dos orixás ” seja muito bem vindo.

    1. Então seja o primeiro, cada um faz aquilo seu coração pede, se o seu coração pede que algo seja feito pra representar a cultura indigena, por favor, nos agracie com isso. Tudo que é feito de coração é lindo. Então, pense, o que você poderia fazer pra representar a cultura indigena de forma criativa? Dê soluções, não só críticas, se não existe porra nenhuma pra representar isso (o que acho bem dificil), então você nem terá trabalho com comparações =) Pense nisso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *