Curto Papel

Conheça Gisele Kovacevic, pedagoga que atua auxiliando professores e estudantes

Criadora da Pedagodicas, a educadora auxilia estudantes da área com dicas e conteúdos sobre educação, contando sempre com a ajuda do papel!

“Sou graduada em pedagogia com Mestrado em Educação: História, Política e Sociedade. Atuo como Assessora Pedagógica, assim como docente de ensino superior, infantil e fundamental. Também sou produtora de conteúdo e atuo em projetos ligados à educação. Ao longo de minha vivência, tive a curiosidade e oportunidade de conhecer a cultura escolar de diferentes localidades no âmbito nacional e explorar diversos sistemas de ensino em caráter internacional.

O interesse pela educação

Desde criança, lá pelos 4 anos, já dizia à minha mãe que queria ser professora. Meu mundo girava em torno de tudo o que envolvia educação. Inclusive, meus presentes sempre eram comprados ou encontrados em papelarias. Muitas pessoas de minha família eram ou ainda são professores e, além disso, até a década de 1990, era muito comum que as meninas pensassem em trabalhar como professora.

gisele1

 

Pedagodicas

Desde que comecei a trabalhar com educação, passei a ajudar pessoas com dicas na área de pedagogia, seja para formandos, ingressantes ou com orientações para pais sobre seus filhos.

Certo dia, resolvi que deveria dar uma marca a tudo isso que eu fazia. Assim surgiu a PEDAGODICAS.

A pedagogia e o papel

Para aproximar as crianças da natureza, sobretudo na Educação Infantil, os papéis assumem toda uma representação.  Bichinhos, árvores, flores. Em espaços ocupados principalmente por concreto, eles tornam o ambiente mais colorido e divertido para as crianças.

Já a dobradura de papel, sempre assume a “responsabilidade” de ajudar na coordenação motora, movimento de pinça, etc. Para os maiores, os paper toys são uma boa pedida, principalmente nas aulas de geometria.

Acredito que nada substitui a produção de texto escrito a mão no papel. E quem tem dúvidas sobre isso, basta pesquisar sobre os benefícios dessa forma de registro. O papel faz parte do meu dia a dia. Aguça minha criatividade e, acima de tudo, me coloca para pensar sobre como podemos usá-lo com sabedoria, sem desperdícios e promovendo a sustentabilidade, uma de minhas maiores bandeiras.

Gisele2

O impacto da atuação

Com meu trabalho, quero impactar no sentido de ser uma referência. Seja para professores da educação infantil com dicas de atividades, seja para pós-graduandos, auxiliando na produção de um projeto de doutorado, seja para um professor em busca de recolocação no mercado de trabalho ou para pais que procuram auxílio na tentativa de assuntos relacionados aos seus filhos.

Assim, uma folha de papel em branco para mim significa uma infinidade de coisas. Uma resposta em branco numa prova, significa que preciso rever meu jeito de dar aula. Uma criança também pode te entregar uma folha em branco, mas isso não significa que ela não enxergue um mundo encantado ali.”