“Engenheira do papel”: artista cria formas geométricas incríveis utilizando apenas papel

Zahra Ammar trabalha com figuras geométricas para criar sua arte

Com um histórico em economia e finanças, Zahra Ammar também é apaixonada por rabiscar em qualquer tipo de superfície. Além disso, ela é uma verdadeira apaixonada por papel. Esse encanto pela versatilidade e forma que o papel pode oferecer, aliada ao gosto por números, possibilitou que criasse suas expressões em dobras e cortes.

Engenheira1

Quando não está cercada por montes de papel, Zahra, hoje morando em Sacramento, nos EUA, está lendo romances de suspense ou escrevendo poesia. De toda forma, é o papel que a motiva. Para criar sua arte, ela corta, dobra, cola, rola e às vezes costura seus materiais em formas e padrões geométricos. Começando com origami básico, ela depois percebeu seu amor pelo quilling, arte que envolve enrolar e moldar tiras de papel em desenhos.

Engenheira2

 

Algumas das peças são coloridas, tendo também metais espalhados por toda parte, enquanto outras parecem estruturas bem formadas, projetando-se em placas de espuma. Seu trabalho mais recente também combina cores com seu estilo arquitetônico. Nascida no Paquistão, foi apenas quando se mudou para os Estados Unidos, já com mais de 20 anos, que começou a realizar suas produções artísticas.

Engenheira3

O objetivo da “engenheira de papel” é continuar explorando as possibilidades do material. Para ela, a arte é como uma conversa. Se é apenas sobre ela, vira um monólogo, o que não é muita coisa. Zahra gosta de despertar a curiosidade das pessoas com o seu trabalho. Para conhecer mais, visite seu site oficial.

Engenheira5