2021 será melhor! 5 livros para começar o novo ano

Separamos títulos que trazem mensagens otimistas e de esperança para iniciar mais um ciclo

2020 foi um ano diferente. Muitas mudanças ainda estão acontecendo e há indefinição sobre questões de saúde e convivência social. Por causa disso, nem sempre o sentimento para o novo ano é dos melhores. Só que nós, de Adoro Papel, temos certeza que 2021 será bem melhor. Para compartilhar desse sentimento, separamos cinco livros que lidam com temas como esperança, otimismo, perseverança e recomeço. São histórias que apresentam aspectos que mostram que podemos superar todas as dificuldades e adversidades. Não só isso, como trazem personagens que demonstram toda nossa força, sejam fictícios ou reais. Por isso, vale muito a pena conhecer!

1 – Fahrenheit 451 (Ray Bradbury)

Fahrenheit

Um dos maiores clássicos da ficção científica também traz uma história de esperança. O livro, que narra a vida de um “bombeiro” que precisa atear fogo em livros proibidos, foi escrito durante a era do chamado “macarthismo” nos EUA, nos anos 1950, que promovia uma sistemática censura à arte pelo governo. O que temos em Fahrenheit 451 é a história de um burocrata que questiona a vileza do seu trabalho, o poder libertador da palavra e a estupidez da censura às artes. Assim, Bradbury transformou sua ideia inicial em um romance que acabou por se tornar um dos livros mais influentes de sua geração. 

2 – Pollyanna (Eleanor H. Porter)

Pollyana

Quem nunca ouviu falar da história da menina que se recusava a ser pessimista? Um dos grandes livros infanto juvenis de todos os tempos, vemos Pollyanna, uma menina de 11 anos órfã de pai e mãe, que é acolhida por sua tia Polly. Rica e intransigente, a Polly também é desprovida de compreensão e afetividade, o que a faz receber a menina em sua casa como um dever. Já Pollyanna, por sua vez, conquista a todos com sua paixão pela vida e pelas pessoas, seu otimismo e alegria de viver, mesmo com todas as adversidades. Além disso, a autora nos brinda com o Jogo do Contente, em que ninguém perde e todos ganham.

3 – O Doador de Memórias (Lois Lowry)

Doador

Este livro é, na verdade, uma ficção que mostra um mundo hipotético. Então, por que ele entrou nessa lista? A autora Lois Lowry traz uma história que mostra os habitantes de uma pequena comunidade que estão satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam. Eles conhecem apenas o presente, tendo o passado e as lembranças apagados da mente. Um único indivíduo, porém, é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. O Doador de Memórias, na verdade, é um livro com uma poderosa mensagem de fé e coragem para enfrentar nossas dificuldades. 

4 – A livraria mágica de Paris (Nina George)

Livraria

Já que o assunto é esperança e livros, não tem como esquecer uma história que junta exatamente essas duas coisas. Neste título escrito pela autora Nina George conhecemos o livreiro parisiense Jean Perdu, que sabe exatamente qual livro cada cliente deve ler para amenizar os sofrimentos da alma. Sendo assim, ele vende romances como se fossem remédios. Sucesso desde seu lançamento, a história é cheia de momentos únicos e uma verdadeira declaração de amor aos livros e ao seu poder de transformar o mundo a nossa volta, inclusive a nós mesmos. 

5 – Sobrevivi… posso contar (Maria da Penha)

mariadapenha

Esse não é um livro  de ficção e também não traz uma história de amor. Porém, sua autora é uma inspiração e uma fonte de coragem e perseverança. Maria da Penha mostra em sua biografia como contribuiu com transformações pelos direitos das mulheres a uma vida sem violência. Sua história, aliás, a colocou como protagonista de um caso de litígio internacional pelo direito à Justiça e pela luta contra a impunidade em relação à violência doméstica e familiar contra as mulheres no Brasil. Considerada ícone dessa causa, sua vida marcou também a lei nº 11.340, chamada lei Maria da Penha em sua homenagem. Uma história de força e coragem que serve de inspiração sempre.