Empresa cria tubo de papel para embalagens farmacêuticas

Empresa cria tubo de papel para embalagens farmacêuticas

A inovação no design foi pensada para reduzir o uso de plástico em até 65%

A preocupação com o meio ambiente atinge praticamente a todos nós, assim como diversos setores e com a indústria farmacêutica não poderia ser diferente. Sendo assim, a Toppan Printing, gráfica japonesa que aposta em soluções diferenciadas, criou um produto que aparentemente mantém a funcionalidade de uma embalagem tubular tradicional, mas vai além. Isso porque o novo tubo de papel da empresa demonstra um desempenho ambiental ainda melhor ao empregar um material que possibilita redução no volume de plástico utilizado pelas fabricantes de medicamentos.

As vantagens são diversas. A nova embalagem mantém mesma funcionalidade da tradicional feita de plástico, mas ao empregar um material à base de papel na sua composição, possibilita uma redução de 50% no volume de plástico. Juntamente com um redesign das peças da tampa do tubo, permite que essa porcentagem de redução seja ainda maior, chegando em um total de 65%. Além disso, o novo tubo de papel ainda mantém sua forma mesmo quando o volume de conteúdo dentro diminui.

Paper-tube

O corpo da embalagem feita de papel tem uma espessura de 0,1 mm e uma estrutura com dobra especial. Seu formato facilita a utilização e claro, o aproveitamento completo do conteúdo. Os ganhos do produto vão além da questão de preservação do meio ambiente, inclusive em marketing, já que o uso de papel para a superfície externa permitirá que as marcas comuniquem de forma eficaz as informações de cada produto.

Para seus desenvolvedores, o tubo de papel representa exatamente isso. A intenção foi apresentar uma nova solução que pudesse atender as necessidades dos fabricantes, mas também dos consumidores e da sociedade como um todo. A embalagem foi criada para reduzir o impacto no meio ambiente e melhorar a facilidade de uso, oferecendo novas possibilidades de design. Dessa maneira, seu uso tradicional pode ser expandido para novos horizontes. Agora é aguardar até que a nova embalagem chegue ao mercado. E você, optaria por essa solução sustentável na hora das compras?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *